quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

DEIXO-TE


Deixo-te para trás, não porque não o queira mais.


Mas porque sei que não faço parte do que queres para junto de ti.


Deixo-te com uma lágrima nos olhos e um coração apertado, mas desejoso de ver sua felicidade, ainda que não seja ao meu lado.


Deixo-te livre de meus agrados, sorrisos, de minhas mensagens de meus telefonemas.


Deixo-te no sonho sonhado, na música escrita, na poesia falada e no amor revelado.


Deixo-te para não passar mais noites em claro, na indecisão de deixar-te de verdade ou não.


Deixo-te agora, e preciso que seja agora, antes que eu volte atrás e deixe-me envolver por ti novamente, sem deixar-te sair desta vez.


Deixo-te morrer em mim para que eu possa continuar a viver.


E vivendo, é a oportunidade que tenho de continuar a te ver .

Um comentário:

Jean B. Pimentel disse...

lindo, maravilhoso, estava eu procurando no orkut pessoas de manaus q tem blog tb e encontro essa linda perola sua, da uma passada no meu blog e ve se vc gosta.

http://confissoesdamadrugada.blogspot.com/